.comment-link {margin-left:.6em;}

Novas aventuras em mim (menor)

Aventuras em mim (menor)? Escrever é aventura, é incógnita. Viagem de dedos por sonhos, desejos, fantasias, pequenas e grandes coisas sobre mim e o mundo à minha volta. Desejo de partilha, também. De sentimentos, emoções, momentos, vivências, silêncios até. Quanto ao “menor”, é uma brincadeira, um pequeno trocadilho com a nota musical Mi menor. É, também, uma medida da minha humildade, da consciência brutal das minhas limitações como escriba.

29 setembro 2005

A vida em 24 linhas

Mais do que o poema que gostaria de ter escrito, estas são palavras que gostaria de viver... Obrigado, Inês, por me dares a descobrir Pablo Neruda. Pois!, eu pecador me confesso: quase nada li do bardo chileno...

Morre lentamente quem não viaja,
quem não lê, quem não ouve música,
quem destrói o seu amor próprio,
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,
repetindo todos os dias o mesmo trajecto,
quem não muda as marcas no supermercado,
não arrisca vestir uma cor nova,
não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o "preto no branco" e os "pontos nos is"
a um turbilhão de emoções indomáveis,
justamente as que resgatam brilho nos olhos,
sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,
quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da
chuva incessante, desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,
não perguntando sobre um assunto que desconhece
e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo
exige um esforço muito maior do que o simples acto de respirar.
Estejamos vivos, então!

Pablo Neruda

Fiquem bem. Vemo-nos por aí...

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

quinta-feira, 29 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

quinta-feira, 29 setembro, 2005  
Blogger Jorge said...

Porra, merda, agora o spam também já chegou aos blogs. Era só o que me faltava, comentários automáticos, sorrateiros, que se insunuam pelo meu cantinho, sorvendo-lhe a (possível) magia com escravidões consumistas. Alguém me ensina a eliminar estes gatafunhos?... Please.

quinta-feira, 29 setembro, 2005  
Blogger morisclinton1702 said...

I really enjoyed your blog. This is a cool Website Check it out now by Clicking Here . I know that you will find this WebSite Very Interesting Every one wants a Free LapTop Computer!

sexta-feira, 14 outubro, 2005  
Anonymous Inês Lima said...

Até que enfim!!!
Fui esperta e pensei um bocadinho... as vezes isto acontece-me... lol

Como poderia eu encontar coisas novas !? qdo estava trancada numa pasta só...
sem comentários...

quarta-feira, 26 outubro, 2005  
Anonymous Inês Lima said...

... não tens de que... ajudartei-ei a descobrir muitas outras coisas mais, sempre que precisares... :P

Beijos INES

quarta-feira, 26 outubro, 2005  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home